Header Banner Ad

quarta-feira, novembro 18, 2009

Familia incestuosa e perversa...


A história a seguir é veridica e ocorreu comigo a um ano atrás. Minha mãe sempre foi um tesão por onde ela passava todos os homens olhavam. Ela tem 38 anos, quando eu nasci ela estava com 18 anos e meu pai 19. Minha mãe tem 1,63m, 53Kg, peitos de cilicone(eles eram muito pequenos), bunda em pé barriguinha lisinha e coxas grossas, sua boa forma se deve as varias horas de malhação diaria dela. Bom! vamos ao que interesa desde os 14 anos sentia tesão pela minha mãe mas achava que tudo iria ficar somente na imaginação e eu me contentando na punheta. Meu pai é bancario e sempre trabalhou em vinhedo, cidade vizinha de Jundiaí que é onde nós moramos, por isso sempre chegava tarde. Aqui em casa sempre fomos muito liberais e sempre tomamos banho de porta aberta, nos trocamos um na frente do outro, ficamos conversando com o outro enquanto tomamos banho e assim vai. Então toda vez que minha mãe ia tomar banho eu ia atraz conversar com ela e vê- la nú, e logo em seguida corria pro quarto e batia um punheta deliciosa, e assim se seguiu por muito tempo. Quando estava com 16 anos ela pedia minha opimião sobre a roupa que ia usar para sair com meu pai de sexta- feira, ela sempre usava roupas muito sensuais mas de sexta ela caprixava, colocava calçinha enfiada na bunda, cinta ligua e vestidos agarrados, sempre desconfiei que era para ir ao motel com meu pai até que um dia resolvi esperar eles chegarem. Fiquei deitado no sofá, quando soi 5:30 eles chegaram entraram dando risada pasaram pela sala e foram para o quarto deles esperrei um pouco e fui atrás. A hora em que cheguei la observei pela fresta da porta e vi os dois deitados nús na cama e conversando, fiquei ali ouvindo a conversa, eles começaram a comentar da noite, minha mãe disse que tinha adorado, meu pai perguntou -lhe o que tinha achado de ver ele transando com uma loira, na hora me assustei mas continuei a escutar, minha mãe disse que tinha adorado e que aquela loira era um tezão, que ela chupava meu pai como uma vadia e depois comentou que o noivo dela tinha uma pica deliciosa que tinha sido a melhor que ela esperimentou em toda sua vida, após isso fui para o meu quarto e bati uma punheta. No final de semana fui á praia com uns amigos e voltei na segunda. Segunda á tarde minha mãe foi para a academia, eu aproveitei estar sozinho e fui mexer em seu armário, mexendo em suas calcinhas achei um cartão de uma casa de swing de São Paulo e descobri que na verdade eles não ião ao motel nas sextas e sim para a casa de swing, fiquei excitado e decidi que ia tentar algo com a minha mãe. Como de costume toda sexta ajudei minha mãe a se produzir mas passei a elogiá- la.
O que realmente quero contar ocorreu o ano passado. Meu pai foi transferido para Santa Catarina, mas não deu para eu e minha mãe irmos juntos, então ficámos aqui em Jundiaí. Havia achado o momento para comer minha mãe, toda vez que ela ia tomar banho ia junto, elogiava seu corpo, dizia que ela era muito gata e tudo mais. Ja fazia um mês que meu pai estava no sul, minha mãe já devia estar sentindo falta de dar, então decidi atacar. Fui tomar banho e chamei ela para ir junto ela veio mas queria ficar conversando, falei que não que era para ela entrar debaixo da água comigo, ela tirou sua roupa e entrou, na hora em que ela entrou eu perguntei se ela estava com frio pois os seus bicos estavam duros e ela me respondeu que estava. Estava lavando as costas dela quando meu pau começou a endurecer eu deixei ele ficar duro quando ela se virou ele estava super duro e ela se assustou e perguntou porque ele estava duro eu disse que era porque ela era um tezão. Ela brigou comigo mas eu a puxei para junto de mim e comecei a beijar seu pescoço e passar a mão em seu corpo, ela rejeitou mas eu continuei e disse no seu ouvido assim: Sua vadia você adora dar para os outros na casa de swing, agora vai ter que dar para mim. Nisso ela cedeu e pegou no meu pau e fez uma chupeta até eu gozar na sua boca, depois disso fomos para cama, ela colocou sua buceta na minha boca e mandou eu chupar chupei até ela chegar ao orgasmo, quando gozou, montou no meu pau e galopou até eu gozar......por enquanto é só isso depois eu conto como foi quando meu pai e minha tia participaram.....

3 comentários:

Anônimo disse...

Sou de Jundiaí, vamos marcar um dia de fazer uma suruba eu voce e sua mae gostosa.

msn: condom_tg1@hotmail.com

Ricardo Mauro disse...

>>> Moro em Ceilânida (Brasília-DF) Adoro meter a pica nas esposinhas dos meus amigos mas na frente deles. Moro em Ceilândia cidade satélite de Brasília-DF.
Contato: (61) 9100-8848 ou ricardaodf@hotmail.com

confidencial carlos disse...

A IRMANDADE
Obrigado pela sua amizade hoje virtual, mas quem sabe com o passar do tempo podemos torna lá real.

Caso você resida em BSB ou cidades próximas ao Distrito Federal estamos marcando encontro para tirar duvidas colocando de maneira clara objetiva os interesses da Irmandade.
Somos pessoas normais como você apenas temos uma visão diferente, acompanhamos a evolução da raça humana. Sim a historia da raça humana e evolutiva
Nossa filosofia de vida não tem nada de estranho ou imoral, sexo com amizade, amizade com sexo, Sem o valor financeiro como moeda de troca.
Não temos cornos na irmandade temos homens liberais.
Não temos mulheres que traem, com o passar dos séculos os relacionamentos a dois mudam.
Todos são bem vindos

Duvidas pergunte bsbdfconfidencial@gmail.com